Acesse a Área Exclusiva dos Pacientes Amai

Dicas e Respostas Cuidar dos Dentinhos do seu Filho

Publicado em: 17/09/2010

Última atualização em: 22/09/2010

Categorias: Cárie de Mamadeira, Dentes de Leite, Medo de Dentista, Odontopediatria, Prevenção

Autor: Doutora Carmem

Apresentamos algumas dicas e respostas às dúvidas mais comuns sobre a visita de seu filho ao dentista para crianças (odontopediatra) e cuidados gerais com os dentes de leite.

E se você ainda tiver alguma dúvida, pergunte para a Dra Carmem, usando os campos de comentário no final da página, participe!

Quando devo levar meu filho ao odontopediatra?

Antes de ter qualquer problema dental. Os dentes-de-leite terminam sua troca aos 12 anos. Até lá são úteis para a fala, alimentação, estética e desenvolvimento saudável da dentição permanente.

Qual a idade ideal para levar meu filho ao odontopediatra?

A orientação da mãe gestante trás benefícios que serão percebidos durante toda a infância, adolescência e vida adulta. Há cuidados que são simples e evitam transtornos.
O primeiro exame clínico da criança deve ser feito antes do primeiro ano de vida.

O bebê pode ter cárie?

É comum encontrarmos cáries em bebês de um ano e seis meses. Acidentes também podem ocorrer envolvendo a boca de seu filho, e nessas horas nada melhor que a segurança das informações já recebidas e assimiladas. Além disso, o bebê pode ter dentes com má formação de esmalte ou dentina, o que implica na necessidade imediata de restauração.

Como pode um bebê ter cárie?

Falta de conhecimentos e cuidados podem ser destruidores. Você sabia que a cárie é uma doença contagiosa? E que a mamadeira e o aleitamento noturno podem ser danosos para os dentes, mesmo que a mamadeira tenha só leite? E que os bebês têm naturezas diferentes, alguns com grande predisposição às cáries? O que mais escutamos é que a evolução das cáries foi muito rápida…Por isso, toda a atenção se faz necessária.

O que há de novidades em higiene oral para bebês?

Muitos são os instrumentos para facilitar a vida das mães e cuidar com carinho da saúde de seu filho. Dedeiras macias, pasta dental sem flúor e escovas com formatos e cerdas adequados estão disponíveis para que sua dedicação tenha os melhores resultados.

Mas se eu olhar a boca de meu filho, conseguirei ver se ele tem cáries?

Quando os pais conseguem detectar problemas, geralmente eles já estão instalados há muito tempo, e a destruição já é acentuada. É comum termos que tratar os canais de dentes-de-leite.

Dentes-de-leite têm canais?

Sim, eles são “vivos” como os permanentes, com vasos e nervos. Como a câmara que os contém é muito ampla e as cáries de evolução muito rápida, é comum termos que tratá-los. Sujeitar seu filho ao sofrimento de uma noite mal dormida é o que queremos evitar. Focos infecciosos, abscessos e dor, são o reflexo de processos iniciados há muito tempo. Além disso, a perda de um dente traria muitos transtornos, como a falta de espaço para os permanentes. A criança vive muito melhor sem problemas estéticos e de saúde.

Meu filho não ficará com trauma de dentista se começar cedo?

Só quem cuida de bebês poderá ajudá-la, um odontopediatra especializado. Familiarizando a criança ao consultório, passando um sentimento de segurança e bem estar é tudo o que você precisa para que seu filho fique tranqüilo e seja saudável.

E os selantes?

Eles são uma capa de resina protetora que reduz muito a chance de cárie. Para aplicá-los na dentição decídua, devemos acostumar a criança aos procedimentos logo cedo, pois precisaremos de um mínimo de colaboração para que o trabalho seja realizado com perfeição.

Quando os dentes nascem, dá para saber se terão cáries?

Muitos dentes nascem mais frágeis, o que pode ser recuperado com dicas preciosas e o uso de medicamentos naturais, adequados para cada caso. Os exames periódicos também visam detectar qualquer alteração a tempo de recuperar o esmalte danificado.

Como fazer para que meu filho goste de ir ao dentista?

Comece cedo, enquanto nenhum problema tiver se instalado e nenhuma emergência mal resolvida. Siga as orientações de um odontopediatra  experiente  e informe-se sobre como a Antroposofia pode colaborar com a saúde de sua família.

Comente e Participe!

Dra. Carmem Silvia

Veja também os temas:

45 Comentários:

  1. jorge clayton disse:

    Peço desculpas, acabei dando ENTER SEM QUERER, segue o texto correto e completo;

    boa noite amigos, após algum tempo pesquisando temas sobre dor de dente na infancia, encontrei a pagina de voces. Gostaria de uma opinião se possivel. tenho um filho de 3 anos e 2 meses. Ele nos últimos 3 dias tem apresentado febre onde estamos controlando com medicação. após duas sessoes de febre o levamos ao medico para uma melhor avaliação. o medico viu alguns caroços no rosto dele e não viu nada que nao o levasse a dizer que poderia ser uma reação alérgica. como a criança nao aparentava outro diagnostico que o levasse a alguma doença tipica. Passou um anti-alergico e anti-termico e disse que se continuasse a febre durante 3 dias a mais, nós deveriamos retornar para fazer um exame de sangue. Entretanto meu filho nao havia ainda se queixado de dor de dente, cujo mesmo demonstrou posteriormente, mostrando que os dentinhos duiam e mostrava a boca. Foi entao que conseguimos ver que se tratavam de seus molares nascendo, pois até seu queixo estava um pouco inchado. Diante disso gostaria de saber se possivel, se esta relaçao; dor de dente, rosto com carrocinhos, se trata apenas de uma dor de dente infantil aliada a uma reaçao alérgica por conta de alguma coisa que ele sinta alergia. Ficarei muito contente com uma resposta de voces, e já preocupado pois se a febre continuar vou leva-lo novamente ao médico para fazer exame de sangue. obrigado e um forte abraço. jorge clayton.

    • Doutora Carmem disse:

      Caro Jorge,

      Não dá para fazer um diagnóstico responsável sem ver sua criança.

      Deve levá-lo ao médico para fazer os exames que forem necessários e a um odontopediatra paras avaliar a dentição.
      Se possível, o quanto antes, para tirar estas dúvidas.

      Boa sorte!

      Dra. Carmem Silvia.

  2. jorge clayton disse:

    boa noite, após algum tempo pesquisando temas sobre dor de dente na infancia, encontrei a pagina de voces. Gostaria de uma opinião se possivel. tenho um filho de 3 anos e 2 meses. Ele nos últimos 3 dias tem apresentado febre onde estamos controlando com medicação. após duas sessoes de febre o levamos ao medico para uma melhor avaliação. o medico viu alguns caroços no rosto dele e não viu nada que nao o levasse a dizer que poderia ser uma reação alérgica. como a criança nao aparentava outro diagnostico que o levasse a alguma doença tipica. Passou um anti-alergico e anti-termico e disse que se continuasse a febre durante 3 dias a mais, nós deveriamos retornar para fazer um exame de sangue. Entretanto meu filho nao havia ainda se queixado de dor de dente, cujo mesmo demonstrou posteriormente, mostrando que os dentinhos duiam e mostrava a boca. Foi entao que conseguimos ver que se tratavam de seus molares nascendo, pois até seu queixo estava um pouco inchado. Diante disso gostaria de saber se possivel, se esta relaçao; dor de dente, rosto com carrocinhos, se trata apenas de uma dor de dente infantil aliada a uma reaçao alérgica por conta de alguma coisa que ele sinta alergia. Ficarei muito contente com uma resposta de voces, e já preocupado pois se a febre continuar vou leva-lo novamente ao médico para fazer exame de sangue. obrigado e um forte abraço. jorge clayton.

  3. jorge clayton disse:

    boa noite amigos, após algum tempo pesquisando temas sobre dor de dente na infancia, encontrei a pagina de voces. Gostaria de uma opinião se possivel. tenho um filho de 3 anos e 2 meses (Jorginho). Ele nos últimos 3 dias tem apresentado febre onde estamos controlando com mediação. após duas sessoes de febre o levamos ao medico para uma melhor avaliação. o medico viu alguns caroços no rosto dele mas disse que não poderia dar um diagnostico mais exato e comentou que poderia ser algum tipo de alergia. Passou um anti-alergico e anti-termico e disse que se continuasse a febre durante 3 dias a mais, nós deveriamos retornar para fazer um exame de sangue. Entretanto meu filho nao havia ainda se queixado de dor de dente, cujo mesmo demonstrou posteriormente, mostrando que os dentinhos duiam e mostrava a boca. Foi entao que conseguimos ver que se tratavam de seus molares nascendo, pois até seu queixo estava um pouco inchado. Diante disso gostaria de saber se possivel, se esta relaçao; dor de dente, rosto com carrocinhos, se trata apenas de uma dor de dente infantil aliada a uma reaçao alérgica por conta de algumas porcarias que ele ingere (sucos de caixa, salgados ruffles e etc). Ficarei muito contente com uma resposta de voces, e já preocupado pois se a febre continuar vou leva-lo novamente ao médico para fazer exame de sangue. obon

Deixe o seu Comentário

Clínica Amai: Fone: (11) 3284 5162 • contato@clinicaamai.com.br
R Itapeva, nº 500 - cj. 7A • São Paulo - Próx. a Avenida Paulista (mapa)