Acesse a Área Exclusiva dos Pacientes Amai

Odontopediatria, muito mais que uma boca com dentes

Publicado em: 09/10/2010

Última atualização em: 09/12/2010

Categorias: Antroposofia, Educação, Odontopediatria

Autor: Doutora Carmem

Muita gente acha que a criança deve ir ao odontopediatra para saber se tem cáries. E só. Se não tiver, obrigado, volto daqui há um ou dois anos! Quem pensa assim pode se surpreender, e muito!

Saiba  que a boca é um universo, no qual um odontopediatra, especializado em Homeopatia e Antroposofia, por exemplo, conduzirá a criança e a família através de  um reino encantado de possibilidades.

As fases da vida da criança podem ser observadas paralelamente ao desenvolvimento dentário. Nas consultas periódicas, as conversas giram em torno das brincadeiras e da forma como seu filho está enxergando o mundo. Assim, fica mais fácil conduzir a rotina diária de higiene e as atividades de aprendizagem relacionadas com a saúde e higiene pessoal da criança. Sempre novas dicas, sempre novidades em acessórios e recursos.

As características de aderência da placa bacteriana, a presença de manchas nos dentes, em forma de pigmentações ou manchas brancas ou amareladas, bochechas mordidas durante a noite , bruxismo ou apertamento dos dentes, mastigação unilateral,  dentes com má formação, respiração bucal, aftas recorrentes, deglutição atípica, má oclusão. Tudo isso, e muito mais, faz parte de nossa observação, mas junto com o “pacote” do retorno periódico, vem a confiança e o clima alegre de cumplicidade, que vai se desenvolvendo entre o dentista e a equipe treinada para tratar de crianças.

Isso, sim, é o grande  diferencial. Esse relacionamento e os resultados advindos dessa proximidade e acolhimento é o que deve incentivar os pais a dedicarem-se a levar seu filho (de preferência ainda bebê)  a um odontopediatra.

Um abraço caloroso no final da visita, chorar para não ir embora, o orgulho do tratamento bravamente finalizado, são os resultados do empenho dos pais que não pouparam esforços para, junto com o odontopediatra, traçarem planos e estratégias.

Saúde e alegria no final, para  quem pensa e age em  direção a  um futuro viável. Busque um profissional que possa possibilitar esse tipo de relacionamento com você seu filho e toda sua família, e vocês não terão nada a temer!

Dra. Carmem Silvia

Veja também os temas:

10 Comentários:

  1. Sueli disse:

    Os primeiros dentinhos incisivos inferiores de minha neta saíram aos 6 meses agora em vez de vir os incisivos superiores notamos que estao saindo os laterais superiores .E normal acontecer isso?Ela esta com nove meses!

  2. Marcela Campos disse:

    Olá Dra. Carmem! Tudo bem? Também sou odontopediatra. Morro em Senhor do BOnfim, no interior da Bahia. E te acompanho faz um tempo e acho seu site, seus artigos e comentários maravilhosos. Tenho 5 anos de formada e 2 de especialização. Minha próxima especialização vai ser em pacientes especiais.
    Gostaria de saber se vc tem algum artigo ou algum informativo para eu entregar para os pais na primeira consulta. Com o que os pais devem e não devem falar ou fazer com seu filho para que as próximas consultas sejam com mais sucesso. Já tenho alguns itens mas gostaria de colocar mais coisas. Se puder me ajudar ficarei bastante feliz. Mas também se não puder não terá problema nenhum.
    Desde já agradeço atenção e sucesso.
    Se um dia tiver oportunidade de ir a São Paulo, ficaria feliz se pudesse te fazer uma visita.
    Marcela Campos
    (74)9116-4252

    • Doutora Carmem disse:

      Ei Marcela! Obrigada pelo contato e por nos “perseguir” rsrsrsrs!
      Você quer alguma coisa para pacientes especiais ou não?

      Carmem.

Deixe o seu Comentário

Clínica Amai: Fone: (11) 3284 5162 • contato@clinicaamai.com.br
R Itapeva, nº 500 - cj. 7A • São Paulo - Próx. a Avenida Paulista (mapa)