Acesse a Área Exclusiva dos Pacientes Amai

Dentes de leite – formação, cuidados e prevenção de cáries

Publicado em: 19/06/2010

Última atualização em: 11/05/2012

Categorias: Dentes de Leite, Odontopediatria, Prevenção

Autor: Doutora Carmem

Dentes de Leite - Formação, Cuidados e Prevenção

Saiba mais sobre a dentição de leite e quais os cuidados importantes para que sua criança tenha dentes sem cáries.  Sugestão: leia esse artigo até o final, pois ele contém informações muito úteis.

Um resumo para começar:

Transtornos da erupção dentária em bebês

Transtornos de erupção do deite de leite em bebês

Muitas mães relatam transtornos em seus bebês que coincidem com a erupção dos dentinhos de leite. Embora alguns pediatras não façam essa correlação, podemos observar na clínica alguns sintomas  mais comuns: agitação acima da média para a criança em questão, atira  brinquedos e objetos , irritabilidade, sono intranquilo(às vezes interrompido por gemidos), falta de apetite, diarreia  que, na maioria das vezes, tem coloração diferente da  de costume( mais amarelada e com odor forte), além de febre cuja causa não foi detectada pelo pediatra.

Nessa fase, para aliviar os sintomas, além dos mordedores frios, medicamentos Homeopáticos ou Antroposóficos podem ser uma boa alternativa.

Alguns bebês podem apresentar a gengiva arroxeada e inchada no local do dente que vai “nascer”, mas esses quadros normalmente são mais assustadores para quem vê do que doloridos para as crianças. O dente acaba nascendo sem a necessidade de medicações ou qualquer intervenção.

Dentição tardia

Muitos bebês podem ter sua dentição mais lenta, com erupção do primeiro dentinho aos 12 meses. Procure sempre um profissional especializado para que a boca do bebê seja examinada. Embora os casos de não formação dos dentes de leite sejam muito raros, as “anodontias”, como são chamadas, podem ocorrer e serem parciais ou totais.

Dentição precoce:

Quando o bebê já nasce com um dentinho ou esse aparece muito precocemente, o ideal é que  o bebê seja examinado por dentista especializado, pois vários aspectos precisam ser considerados quanto à manutenção do mesmo ou não na boca.

Cuidados com os dentes de leite - higiene

Os cuidados com os dentes de leite

 

Quando nascem os primeiros dentes de leite?

 

Dentes

Mandíbula

Maxila

Incisivo Central 6 meses 7 meses e meio
Incisivo Lateral 7 meses 9 meses
Primeiro molar 1 ano 1 ano e 2 meses
Canino 1 ano e 4 meses 1 ano e 6 meses
Segundo molar 1 ano e 8 meses 2 anos

 

Os dentes decíduos começam a “nascer” (erupcionar) por volta dos 6 meses de vida. Assista a esse lindo  vídeo,  pois você terá uma idéia do conjunto.

Imagem de Amostra do You Tube

Há uma variação na cronologia da erupção, sendo que o mais frequente é o que segue na tabela abaixo.

A sequência de erupção é a mesma para ambos os arcos: incisivo central, incisivo lateral, primeiro molar, canino e segundo molar. Essa dentição se completa entre os 2 anos e 2 anos e meio, com a erupção dos segundos molares superiores.

 

A hora de ficar banguela

Dentes de leite - a hora de ficar banguela

dentes de leite - arcada superior decídua e arcada inferior decídua

Tabela de troca dos dentes

Dentes

Idade em que perde o inferior

Idade em que perde o superior

Menino
Incisivos centrais 6 anos 7 anos
Incisivos laterais 7 anos 8 anos
Caninos 10 anos 11 anos
Primeiro molar 9 anos 9 anos
Segundo molar 9 anos 10 anos
Menina
Incisivos centrais 5 anos 6 anos
Incisivos laterais 6 anos 7 anos
Caninos 9 anos 10 anos
Primeiro molar 8 anos 9 anos
Segundo molar 9 anos 10 anos

 

Lembre-se de que aos 6 anos em média, sem que nenhum dente “caia”, nascem os molares permanentes, atrás dos últimos molares  de leite. Nessa fase é que também os dentinhos de baixo e da frente (incisivos inferiores) começam a ficar molinhos e dão lugar aos permanentes.

Fique  tranquila pois, nessa fase inicial, por causa da diferença de tamanho entre os dentes de leite e os  permanentes, eles ficam um pouco apinhados mas, na maioria dos casos, esse apinhamento é passageiro.  Nos primeiros seis meses após o nascimento desses dentinhos ocorre um crescimento do osso nessa região e eles, na maioria dos casos, acabam melhor “acomodados”.

Dentes de Leite - erupção dos dentes permanentes

 

 

Caso erupcione o dente permanente e o de leite não caia, esse deve ser extraído. Normalmente esse é um procedimeto tranqüilo, se a criança for bem condicionada PELO PROFISSIONAL.  Não adiante NADA SOBRE OS PROCEDIMENTOS DE EXTRAÇÃO PARA A CRIANÇA.

Manchas em dentes de leite

Dentes de leite com manchas e cavidades de cárie

Dentes de leite com manchas e cavidades de cárie

Fique atenta e siga as orientações de um odontopediatra com relação aos retornos periódicos sugeridos, pois o nascimento dos dentes de leite estará completo somente por volta dos dois anos de idade, até lá, seu bebê precisa ser examinado para termos certeza de que nenhum dente nasceu com  má formação.

As manchas em dentição decídua são menos  frequentes do que na dentição permanente, mas também podem ocorrer. Essas manchas  geralmente apresentam coloração amarelada, com  cavidades ou não. Portanto, precisam ser examinadas. Não necessariamente elas irão se repetir  na dentição permanente.

Manchas esbranquiçadas podem ser resultado de acúmulo de placa bacteriana, com risco maior de cavitarem, ou seja, resultaremem  cárie.  Agrande maioria dessas manchas pode ser controlada e não evoluir . Leve sua criança para um profissional definir o que deve ser feito, inclusive em  termos de mudanças de hábito, para que seu filho consiga manter-se saudável e sem cáries.

Dentes de leite que nascem com má formação

Dentes de leite com má formação e cavitação

Molar de bebê com má formação e cavitação

Pode ocorrer de alguns dentes de leite nascerem com esmalte ou dentina irregular e precisarem de intervenção de profissional especializado para restauração. Com isso, a criança poderá se alimentar adequadamente e ter seus dentes higienizados.

 

Dentes de leite - Clínica Amai

Não é necessário esperar determinada idade para realizar as restaurações, o que seria um
sofrimento e prejuízo muito grande para a criança.

 

Espero ter esclarecido alguns pontos sobre esse assunto, mas, caso ainda tenha alguma dúvida, deixe um comentário abaixo. E consulte sempre um odontopediatra!  Boa sorte!

Doutora Carmem Silvia – Dentista de Crianças

Veja também os temas:

131 Comentários:

  1. Dafne disse:

    Boa tarde! A minha filha de 3 anos caiu e bateu o dente da frente. Assim rompendo os ligamentos. Após um mês, o dente está ficando escuro. Levei assim que caiu e o dentista tirou uma radiografia. E está acompanhado. E depois de quase um mês o dente está escurecendo. O dentista orientou me em fazer um canal no dente de leite dela. Mais estou em panico. Pela dor que ela pode vim sentir. E não sei se seria o melhor no meu ver de mãe. Acharia melhor extrair o dente. Porém o dentista me explicou que se tirar com a idade dela, poderá danificar a fala dela e na mordida. Enfim irá prejudicar ela em outra situação dentária. O que fazer?

  2. Dra, meu bebê de 1 ano mama no peito o dia inteiro. E acorda várias vezes durante a noite pra mamar. Eu tento não dar o peito, só niná-lo, mas cai num berreiro que acorda até os vizinhos. Já come de tudo, janta, mas não larga do peitinho dele. E eu agora estou começando a sentir um cheirinho de leite azedo no hálito dele. Já tem 8 dentes e os pré-molares estão querendo nascer. Que tipo de escova de dentes e de creme dental eu devo usar nele? Agradecida!

  3. taina disse:

    Dra. Descobrimos há pouco tempo que meu irmão de 7 anos tem anodontia. Infelizmente o caso dele é complicado, pois, quando os dentes de leite cairem,não faltarão apenas um ou dois dentes permanentes, e sim TODOS. Os unicos que vao ficar sao os que ja nascem permanentes. Minha maior preocupação é quando devemos contar para ele e, se algum dente cair, qual a melhor opção inicial para colocar um dente no lugar.

    • Doutora Carmem disse:

      Cara Tainá,

      O que está em jogo aqui, não é simplesmente o que você vai dizer a ele.

      Você precisa de um acompanhamento a longo prazo, que junto com a família, vá passo a passo buscando as melhores alternativas.

      Junto com isso, o acompanhamento emocional e clínico da criança, pelo dentista Odontopediatra.

      Em minha opinião, sem conhecer o paciente, acho que esta notícia não deve ser dada agora, de uma hora para outra.

      Se nem vocês adultos conseguem imaginar o futuro, imaginem ele!

  4. Adriana disse:

    Dra, estou sentindo os dentes incisivos centrais definitivos de meu filho (Felipe, 06 anos completados recentemente) sem terem ainda caído os de leite (este estão firmes ainda). Já devo procurar uma odontopediatra os espero um pouco? O natural não seria cair o de leite e aí sim o definitivo apontar?

    • Doutora Carmem disse:

      Adriana,

      Um acompanhamento com Odontopediatra é tudo o que você precisa para ter tranqüilidade e segurança, quanto ao que vai acontecendo com a boca de seu filho, fase a fase.

      A primeira consulta e o acompanhamento periódico sugerido, são imprescindíveis para o bom desenvolvimento de seu filho, e um futuro brilhante! Saúde é o maior patrimônio que você pode dar a ele!

      Boa sorte,

      Dra. Carmem Silvia.

  5. Claudia disse:

    Dra.Meu bebê tem 10 meses e bateu a gengiva no brinquedo e a gengiva ficou roxa. O dente desse local ainda não nasceu. Estou preocupada! Esse dente pode nascer com má formação? O que devo fazer?

  6. Cecília disse:

    Bom Dia,
    meu filho completou 1 ano e tem apenas 1 dente que nasceu na parte superior (incisivo superior). Tenho que ficar preocupada com esta dentição tardia e fora do padrão de nascimento dos dentes. Pelo histórico familiar meus dentes de leite demoraram para nascer (foi por volta dos 14 meses os primeiros dentinhos).

  7. Roseli Soares disse:

    A minha filha de 4 anos começou a obiturar um dente e a cárie estava profunda, começou a doer. Aí a dentista teve que parar. Disse que precisaria usar anestesia. Nisso a minha filha já estava aos berros. Ela tem muito medo de “agulha”. Então a dra fechou o dente e… aconselhou que precisamos esperar, deixá-la perder o medo para aí retornarmos e terminarmos o tratamento. A minha dúvida é a seguinte: Não existe outros métodos que não seja a anestesia? O famoso “pic”?

  8. vanessa disse:

    minha filha tem 4 anos e eu sempre cuidei muito bem da escovação de seus dentinhos,mas de uma hora pra outra os dentinhos dela comessarão a caria e ja davão canal,sera que tem algun remedio para fortaleçer esses dentinhos?

  9. elaine disse:

    boa noite. meu filho tem 4anos e 2meses e esta com carie de mamadeira nos ultimos 4dentinhos de tras molares sendo q sente dor so em dois a dentita disse que tinga q fazer canal sendo q apos esse canal ele continua tendo dores e dirmaiores entao
    procurei outro odtopediatra ela me disse q seria melhor.extrar e por um espassador fixo . nao sei oq. fazer se termino o canal ou faço logo essa extraçao.

  10. Elenyce disse:

    olá boa tarde!
    meu filho tem 1 ano e e 4 meses e os dentes dele estão ficando escuros. ja levei no dentista ele falou que era por causa do sulfato ferroso que ele tomava, mais ele ja parou de tomar e continua ficando escuros eram so os de cima agora os de baixo também.estou aflita sem saber oque fazer.pois hj ele chorou muito colocando a mão na boca parecia que tava doendo

Deixe o seu Comentário

Clínica Amai: Fone: (11) 3284 5162 • contato@clinicaamai.com.br
R Itapeva, nº 500 - cj. 7A • São Paulo - Próx. a Avenida Paulista (mapa)