• Dra. Carmem

Mitos sobre os cuidados com os Dentes de Leite

Atualizado: 11 de Set de 2019


Neste artigo tratamos das dúvidas mais comuns sobre os dentes de leite das crianças. Há muitos mitos, como a dúvida sobre existir ou não raiz no dente de leite.

Cuidar da boca de meu bebê é necessário, pode machucar?

Ouvi outro dia o seguinte relato:

Um pediatra ao ser perguntado por uma mãe sobre como higienizar os sete dentes de leite de sua filhinha de 11 meses, respondeu: “Ah, em boca de criança não se mexe. Pode dar problema!!”

Não se toca, não se higieniza, os dentes não são escovados.


Agora me diga, em que planeta isso ocorreu?

Bem ao nosso lado! Portanto, vamos mudar a situação, vamos sair das trevas.

A verdade:

Bebês precisam ter a porta de entrada do organismo bem limpinha, operação que só pode ser realizada por adultos dedicados. Agora, se não limparmos, o que pode ocorrer com essa pobre vítima? Doença! Cáries, gengivites, estomatites freqüentes, baixa de resistência, febre, impossibilidade de mastigar, e por aí afora. Com cuidados específicos, não alteraremos a flora bucal, apenas eliminaremos a placa bacteriana e se for o caso, faremos uso de recursos homeopáticos ou antroposóficos.


Só se cuida dos dentes das crianças a partir de 2 anos de idade?

Outra pérola comum: só pode ser tratada uma criança acima de dois anos de idade!

A verdade:

Bom, e aquelas crianças que nasceram com má formação nos dentes, e não conseguem comer e sentem dor?

Devemos sim observar desde o início a saúde bucal de nossas crianças, e leva-las ao odontopediatra sem medo, pois muitas vezes a criança por não saber se expressar como um adulto, não irá descrever um quadro de desconforto com todos os detalhes que se espera para levá-las ao dentista. Fique atento e leve seu bebê para sentir-se mais seguro!


Se a criança chorar durante o tratamento dentário vai ficar traumatizada?

Desde quando a criança se expressa por meio de discursos e aceita ficar parada, mesmo que seja por  alguns minutinhos? Leia mais sobre o tema  no site e cuide-se bem, para não incorrer em erros que podem levar crianças e famílias  ao sofrimento.


O que, mesmo profissionais da área que trabalham com óxido nitroso ou algum tipo de sedação e médicos anestesistas dizem?

A verdade:

Todos se negam a sedar ou submeter a  anestesia geral crianças pequenas, menores que sete anos. E cá entre nós, acima dessa idade, ela já tem que ser tratada de forma consciente, pois é isso que o mundo vai pedir para ela, ou seja, que lide com seus medos e inseguranças,  que confie, que aceite desafios e que finalmente se alegre com sua própria superação!!

Quando disserem que seu filho é muito agitado ou muito pequeno  para ser tratado em consultório, quando ele morder o dedo da dentista e ela ficar furiosa e encaminhá-lo para outro profissional que vá sedá-lo e disserem que ele vai ficar traumatizado se for tratado em consultório, reavalie a situação com calma.

Dentes de leite têm canais (raízes)?

Além da maioria das pessoas achar que dentes de leite não têm canais, é muito comum acharem que os mesmos não precisam de tratamento quando o dente é acometido por cárie extensa, com contaminação dos vasos e nervos que ficam dentro dos condutos, ou trauma.



Como os dentes de leite “caem” sem raízes, as quais foram reabsorvidas para dar lugar à erupção do dente permanente, adultos acham que dentes de leite não têm raízes, e muito menos canais (conductos) preenchidos por vasos e nervos.

A verdade: Dente de leite têm canais, espaços que são preenchidos por vasos e nervos.

Quando o dente de leite for permanecer na boca por pelo menos mais seis meses, ele merece todos os cuidados para que fique saudável, sem comprometer o dente permanente que esta dentro do osso.

Além disso, as extrações podem ser prejudiciais para o equilíbrio da oclusão. Assista o vídeo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=Ck0g6tEmO4Q&feature=related[/youtube]

Portanto, vale sim tratar dos canais (endondontia) dos dentes de leite.


 Radiografia panorâmica de paciente com seis anos de idade. Observar: raízes dos dentes de leite; dentes permanentes em formação; incisivos superiores decíduos com condutos tratados;  raízes sendo absorvidas.



Remoção de tecido cariado e abertura de canais em dentes decíduos inferiores de criança com dois anos e três meses.

Dói muito tratar dos canais em dentes de leite?



Criança completamente adormecida e relaxada enquanto trata dos canais de seus dentes decíduos (dentes de leite)


Pais acham que a dor ou incômodo serão os mesmos que sentimos no caso dos dentes permanentes.

A verdade:

A clínica de odontopediatria pode ter semelhanças com a de adultos, mas também muitas diferenças! As crianças anestesiadas, desde que os pais estejam confiantes, frequentemente dormem durante o procedimento de tratamento dos canais em dentes de leite (endodontia em dentes de leite).


Leia mais sobre o tema em:


Endodontia (tratamento de canal) em dentes de leite

Dentição decídua: quando nascem e quando irão cair os dentes de leite

Tratamentos dentários de crianças e bebês:

Existe caso impossível de tratar na odontopediatria?

Seu filho pode adorar ir ao dentista, duvida?

Odontopediatria 


Medo e trauma de dentista:


Medo de dentista em crianças

Como vão conseguir tratar os dentes do meu filho, pois ele tem medo e chora

O que dizer para a criança que vai ao dentista

Receio dos pais de levar a criança ao odontopediatra

Dra. Carmem Silvia Clínica Amai

Última revisão em junho/2012

TAGGED UNDER:ANESTESIA, BEBÊS, CRIANÇAS, DENTES DE LEITE, MEDO DE DENTISTA, ODONTOPEDIATRIA, ÓXIDO NITROSO

118 visualizações

@ Hope Agencia